Partido de Bolsonaro lançará candidatura própria ao governo de SC

- sexta-feira - 22/06/2018 Regional

img

O Partido Social Liberal (PSL) de Santa Catarina, do pré-candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro, deu mais um grande passo na noite de quarta-feira (20), sobre o caminho da legenda nas eleições de 2018: lançar uma pré-candidatura própria ao Governo do Estado de Santa Catarina.

 

O tema já vinha sendo discutido na sigla, porém, na última semana, cumprindo agenda em Brasília, o presidente do PSL-SC e pré-candidato ao Senado, Lucas Esmeraldino, juntamente com alguns membros da Executiva Estadual, em reunião com o líder Bolsonaro, decidiram colocar em votação este lançamento da pré-candidatura do partido ao governo do Estado. 

 

Contando com a participação de todos os membros da Executiva Estadual, a votação foi unânime e, o PSL-SC entra também, na disputa ao governo. Assim, com a pré-candidatura própria e “benção” do presidenciável Jair Bolsonaro, a legenda busca marcar posição no jogo eleitoral e atender, principalmente, o desejo dos catarinenses pela renovação política.

 

“O resultado desta reunião representa o sentimento de uma família, de militantes que buscam uma nova política e de um povo que quer mudança e estão desacreditados da velha política. Além disso, o cenário está muito indefinido, temos chances de vencer, já que possuímos nomes com capilaridade, tamanho, conhecimento e responsabilidade de governar e ser o pré-candidato a governador de Santa Catarina”, destaca o presidente Esmeraldino.

 

Para o pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, o PSL-SC, na pessoa do líder estadual Lucas Esmeraldino, merece o respeito nacional. “Em poucos meses, a Executiva da sigla catarinense está fazendo a diferença, tornando-se forte e competitiva, dando essas condições de disputa equilibrada. Isso mostra a vontade de fazer uma política séria, diferente, com transparência, moralidade, ética e, o mais importante, ficha limpa”, enfatiza o presidenciável.

 

A ideia do PSL de Santa Catarina é lançar o pré-candidato ao governo no mês de julho.

 


Mais notícias: Regional

Últimas notícias: