Lançado oficialmente, programa Melhoramento Genético capacita agricultores em Descanso

Paulo Dim- . segunda-feira - 17/09/2018 Geral

Atividades foram desenvolvidas na última sexta-feira através do termo da cooperação com a Udesc

img
Descanso A médio e longo prazos, Descanso terá uma realidade diferente no rebanho bovino nas questões de genética dos animais. A perspectiva se dá através do programa de Melhoramento Genético, lançado oficialmente na última sexta-feira, 14 de setembro, no Centro de Multiuso. Aproximadamente 60 agricultores e inseminadores participaram de capacitação com profissionais da Udesc, instituição em que Município firmou um termo de cooperação. Segundo o professor doutor Rogério Ferreira, que iniciou o ciclo de palestras, se adotadas estratégias corretas, o programa refletirá melhorias tanto na produção quanto em número de animais de reposição. Na sequência, a professora doutora Aline Zampar ressaltou que, com base nos dados colhidos nas 19 propriedades do município e no histórico dos touros já utilizados, a Udesc contribuirá no processo de descrição das características para a compra do sêmen que venha atender a real necessidade do rebanho local, considerando os touros disponíveis no mercado entre as diversas empresas. Conforme o termo de cooperação, os profissionais da universidade ficarão responsáveis por acompanhar o processo licitatório, analisando as questões técnicas dos catálogos que venham ser apresentadas pelas empresas. Ainda farão testes laboratoriais a cada entrega do sêmen para verificar a viabilidade do material. O professor doutor Diego Cucco repassou dados coletados das propriedades de Descanso, apontando as principais características a serem melhoradas nos rebanhos. Ele também orientou sobre como proceder a avalição morfológica e funcional das vacas leiteiras que, na parte da tarde, foram feitas de forma prática na propriedade de Vanderlei e Sirlei Masiero, na linha Jorge Lacerda. Para o prefeito Sadi Bonamigo, é um compromisso do Governo Municipal, uma vez que a proposta de melhoramento genético está prevista no plano de governo, elaborada com participação popular. “Estamos fazendo um grande esforço para atender a demanda dos agricultores para que os rebanhos venham ser melhores em qualidade e produtividade, gerando maior renda e melhorando a vida das famílias”. O melhoramento genético dos rebanhos deve ser planejado e executado de forma profissional, pois os resultados aparecem de forma gradativa a cada geração de animais. As características desejadas devem ser monitoradas para que resultem em animais com bons aprumos, produtivos e que sejam adequados ao ambiente das propriedades locais, ressalta Marlise Lovatel, secretária de Agricultura e Meio Ambiente.


Mais notícias: Geral

Últimas notícias: