Emendas injetarão R$ 1,5 milhão na Saúde, Agricultura e Obras em São Miguel do Oeste

.- . quinta-feira - 06/02/2020 Variedades

Recursos foram garantidos pelo prefeito, Wilson Trevisan, durante audiências em Brasília. Também foi solucionada uma questão burocrática que impedia a aquisição dos equipamentos para instalação de uma usina de asfalto

img

O prefeito de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, retornou de Brasília nesta quinta-feira (06) com importantes recursos garantidos por meio de emendas junto a parlamentares identificados com os anseios da região. No total, será cerca de R$ 1,5 milhão para investimentos diversos.

Trevisan relata que entre as emendas estão R$ 490 mil para aquisição de um rolo compactador, R$ 250 mil para um caminhão, R$ 250 mil para equipamentos agrícolas e mais R$ 500 mil para custeio da Saúde. “Também deixamos encaminhada a solicitação de outros recursos, que deverão somar-se a estes, e ultrapassar os R$ 2 milhões em emendas parlamentares para nosso município este ano”, salienta.

Outra tratativa importante realizada pelo prefeito de São Miguel do Oeste em Brasília, diz respeito à aquisição dos equipamentos para instalação de uma usina de asfalto, que irá beneficiar todos os municípios da Ameosc (Associação dos Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina). Trevisan esteve no Ministério do Desenvolvimento Regional, a fim de solucionar uma questão burocrática que estava impossibilitando o andamento do processo.

“Este assunto foi resolvido, e agora já podemos inserir no sistema a relação dos equipamentos licitados e, posteriormente, adquiri-los. Após, iremos atualizar o orçamento do restante dos equipamentos, que não registraram fornecedores interessados na primeira licitação, e lançar um novo processo licitatório”, explica.

A ideia é que a usina seja implantada pelo município de São Miguel do Oeste e depois repassada à Ameosc, que irá administrá-la por meio do Conder (Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento Regional), beneficiando 19 municípios da região e gerando economia de até 50% nas obras de asfaltamento.



Mais notícias: Variedades

Últimas notícias: