Últimas GERAL

  • Sicoob recebeu em apenas um dia R$ 500 milhões em pedidos do Pronampe


    Dentro do seu compromisso de apoiar o pequeno negócio de todo o País, o Sicoob - Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil - começou a operar o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe) nesta segunda-feira, 13. E em menos de 24 horas, o sistema já recebeu R$ 500 milhões em pedidos pela linha de crédito.

     

    Com prazo de 36 meses, sendo oito de carência, e juros à taxa Selic acrescida de 1,25% ao ano, o programa é uma linha especial para que pequenos negócios possam contar com capital de giro durante a pandemia.


    "Esta linha de crédito é um grande benefício para os micro e pequenos empresários brasileiros. Com uma taxa de juros baixíssima e prazo de reembolso confortável, eles podem receber um importante aporte para manter ou incrementar os seus negócios em um momento no qual a atividade econômica começa a dar sinais de retomada", afirma o superintendente de Negócios e Desenvolvimento do Sicoob, Luciano Ribeiro.

    Neste primeiro dia de operação do programa, destacaram-se as regiões Sudeste e Sul, que, somadas, representaram 95% de todos os pedidos de crédito do País por meio do Sicoob. O Pronampe conta com a garantia do Fundo Garantidor de Operações (FGO), que cobre até 85% de eventuais inadimplências, e os cooperados interessados podem solicitar os recursos por telefone, site, aplicativo ou presencialmente na cooperativa da qual forem associados.

    Segundo Ênio Meinen, diretor de Operações do Sicoob, os juros pagos nessas operações compõem a base de cálculo para rateio de resultado ao final de cada ano no período de empréstimo, o que fará reduzir a taxa contratada para os cooperados do Sicoob. Podem participar do Pronampe empresas com Receita Bruta Anual de até R$ 4,8 milhões/ano, conforme informado pela Receita Federal do Brasil.

    Sobre o Sicoob
    O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob), possui 4,7 milhões de cooperados em todo o país e está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. É composto por 390 cooperativas singulares, 16 cooperativas centrais e a Confederação Nacional das Cooperativas do Sicoob (Sicoob Confederação).

    Integram, ainda, o Sistema, o Banco Cooperativo do Brasil do Brasil (Bancoob) e suas subsidiárias (empresas/entidades de meios eletrônicos de pagamento, consórcios, DTVM, seguradora e previdência) provedoras de produtos e serviços especializados para cooperativas financeiras.

    A rede Sicoob é a quarta maior entre as instituições financeiras que atuam no país, com mais de 3 mil pontos de atendimento. As cooperativas integrantes do Sistema oferecem aos cooperados serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, entre outras soluções financeiras. 

    Fonte: Sicoob.

    14/07/2020 Leia...

    -

  • Projeto do deputado Marcos Vieira proíbe distribuição de lucros em empresas de economia mista durante o período da pandemia

    img

    Um Projeto de Lei protocolado nesta semana pelo deputado Marcos Vieira (PSDB) pretende proibir, temporariamente, que as sociedades de economia mista do Estado de Santa Catarina, a exemplo da Casan e da Celesc, distribuam valores oriundos da participação nos lucros aos administradores, conselheiros e diretores. A vedação tem validade enquanto vigorar a decretação de calamidade pública estadual decorrente da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).
    Segundo explica o autor do projeto, deputado Marcos Vieira, a proposição é contribuir para o enfrentamento da pandemia da Covid-19, de modo a proteger a economia do Estado durante o atual período de calamidade pública pelo qual passa o Estado, com números de casos e internações em ascensão.
    "Não é justificável, no presente momento que atravessa o Estado, com dificuldades em várias frentes, a distribuição de valores, excedentes da remuneração, a grupos específicos dentro das organizações públicas, pois além da crise financeira instaurada e consequente necessidade de contenção de gastos e austeridade fiscal, a medida acentua ainda mais a desigualdade social", argumenta o deputado Marcos Vieira, que ainda explica que não se incluem na vedação os valores oriundos de distribuição de lucros e dividendos aos acionistas das sociedades de economia mista estadual.
    O Projeto de Lei 241.5/2020 foi protocolado nesta semana e após ser lido no expediente, seguirá agora o trâmite nas comissões de Constituição e Justiça e Finanças e Tributação antes de ser votado em Plenário.

     

    10/07/2020 Leia...

    -

  • Ministério da Saúde emite portaria de pagamento para recursos extras do COVID-19

    img

    O deputado federal Celso Maldaner, juntamente com sua equipe de assessores, está encaminhando comunicado para 33 munícipios através de ofícios, sobre a emissão do decreto que regulamenta o pagamento referente a R$ 12,7 milhões em recursos de emendas extras angariadas junto ao Ministério da Saúde para ações de enfrentamento e combate ao Covid-19.

     

    Os recursos estão assegurados pela MP 969/2020 aprovada pelo Senado Federal e pela Câmara dos Deputados, com o apoio irrestrito de Maldaner, através da portaria editada pelo Ministério da Saúde com data de 1 de julho sob o número 1.666, autorizando, de uma só vez, o repasse de mais R$ 13,8 bilhões para ações no país.

     

    Com isso, Santa Catarina receberá R$ 565 milhões, sendo destes, R$ 12,7 milhões indicados pelo parlamentar. 

     

    “O coronavírus se espalhou muito rápido, e por isso, todos os esforços estão concentrados nas ações de enfrentamento e combate a doença, e estes recursos extras servem de aporte para os municípios”, destacou o deputado.

     

    Veja a lista de municípios e valores:

    Arvoredo 150.000,00

    Bom Jesus do Oeste 120.684,33

    Campos Novos 200.000,00

    Curitibanos 1.730.053,35

    Descanso 150.000,00

    Dionísio Cerqueira 500.000,00

    Entre Rios 150.000,00

    Erval Velho 50.445,56

    Florianópolis 800.000,00

    Gaspar 500.000,00

    Iomerê 200.000,00

    Iporã do Oeste 500.000,00

    Iraceminha 300.000,00

    Itajaí 500.000,00

    Itapiranga 1.000.000,00

    Jaraguá do Sul 1.000.000,00

    Joinville 1.000.000,00

    Laurentino 200.000,00

    Major Vieira 150.000,00

    Maravilha 1.000.000,00

    Modelo 100.000,00

    Paraiso 250.000,00

    Ponte Serrada 200.000,00

    Romelândia 100.000,00

    Saltinho 200.000,00

    Santa Terezinha do Progresso 200.000,00

    São Joao Batista 150.000,00

    São Lourenco do Oeste 500.000,00

    São Ludgero 200.000,00

    São Miguel da Boa Vista 200.000,00

    Sombrio 200.000,00

    Tigrinhos 100.000,00

    Tunápolis 150.000,00

     

    TOTAL   12.751.183,24

    Raquely Benedet Cella /  Adriano Casagrande
    Ascom
    Gabinete Dep. Federal Celso Maldaner
    Av. Nereu Ramos, 75-D Edf. CPC Sls 305-307/B
    89801-020 / Centro / Chapecó/SC
    (49) 3329-1560 / (49) 99142-9310
    www.celsomaldaner.com.br

     

     

    03/07/2020 Leia...

    -

  • Suspenso o Concurso Público para o cargo de Zelador


    O Presidente da Câmara Municipal de Vereadores de Descanso,
    Estado de Santa Catarina, Sr. Márcio Maximino Bortoloto, no uso de suas
    atribuições legais, TORNA PÚBLICO, para o conhecimento dos
    interessados, o Edital de Suspensão do Concurso Público n.º 02,
    referente ao Concurso Público n.° 001/2020, destinado ao preenchimento
    de vaga no Quadro de Pessoal da Câmara Municipal de Vereadores.
    Em razão da situação da pandemia da Coronavírus (COVID-19) e as
    medidas adotadas para evitar o contágio pelo vírus, ficam suspensos todos
    os atos do Concurso Público n.º 001/2020 da Câmara Municipal de
    Vereadores de Descanso (SC).
    Referida medida busca evitar a exposição ao contágio da doença,
    assegurando a integridade de todos os envolvidos no certame, sejam
    candidatos, membros da Comissão Examinadora ou da Comissão
    Executiva.
    O Edital será republicado e os prazos reabertos assim que houver a
    normalização da situação em nível regional, sendo designada nova data
    para aplicação das provas e demais prazos.

    12/06/2020 Leia...

    -

  • O 4º sorteio da Campanha Premiada Quero Mais 2020 será nesta sexta


    Ao realizar suas compras peça o cupom fiscal e concorra

    O Dia dos Namorados está chegando e com ele o 4º sorteio da Campanha Premiada Quero Mais deste ano. "Para participar basta fazer suas compras nas empresas cadastradas, solicitar o cupom fiscal da compra e o cupom da campanha, preencher com os dados pessoais, o código da compra e colocar na urna e pronto, estará concorrendo. Mas lembramos a todos que o cupom deve ser guardado para ser apresentado, caso seja sorteado", explica a responsável pela Sala do Empreendedor, Regiane Rodrigues.

    Ainda conforme Regiane, mais de 40 empresas fazem parte da campanha. "Tivemos uma grande adesão nesse ano e pedimos para a população que compre em Descanso e solicite o cupom fiscal, dessa forma poderá ser sorteado e estará ajudando o município", comenta.

    O Governo Municipal irá realizar o sorteio na tarde desta sexta-feira, 12 de junho, onde serão contempladas 10 pessoas com R$ 200 reais cada. Os valores serão depositados na conta bancária dos sorteados em até 30 dias após o sorteio.

    A adesão à campanha é gratuita e as empresas que tiverem interesse em participar podem procurar a sala do empreendedor para fazer seu cadastro e retirar os cupons. "Com o objetivo de incentivar a compra local, o Governo Municipal deu continuidade a campanha criada no ano passado, para a qual está destinando R$ 30 mil, que serão divididos em 12 sorteios no decorrer do ano", destaca.

     

    08/06/2020 Leia...

    -

  • Alistamento militar tem prazo prorrogado até 30 de setembro


    Prorrogação foi anunciada devido à pandemia causada pelo novo coronavírus

    O prazo para o alistamento militar obrigatório de jovens que completam 18 anos até o dia 31 de dezembro de 2020 foi prorrogado pelo Governo Federal, por meio do decreto 10.384/2020 e poderá ser realizado até o dia 30 de setembro deste ano.

    Conforme a responsável pelo setor, Marinês Arient Stein, o alistamento deve ser realizado online. “Para realizar o alistamento os jovens devem acessar o site www.alistamento.eb.mil.br. Quem não tiver acesso à internet ou tiver dificuldade para acessar o site pode estar procurando o setor da Junta do Serviço Militar junto a Prefeitura Municipal de Descanso e apresentar o documento de identidade, CPF, Certidão de Nascimento e um comprovante de residência”, comenta.

    Ainda segundo Marinês, até o momento 32 jovens de Descanso realizaram o alistamento. “Reforçamos que o alistamento é obrigatório e quem não cumprir o prazo não poderá ingressar como funcionário público, empregado em instituições e empresas, também não poderá prestar exame ou se matricular em qualquer instituição de ensino, obter passaporte ou prorrogar sua validade além de, estar sujeito à multa”, explica Marinês.

    Legenda: Caso o jovem perca o prazo, está sujeito a multa e ficará em débito com o Serviço Militar

    08/06/2020 Leia...

    -

  • O exercício da política, por Julio Garcia

    img

    Vivemos tempos diferentes. Vivenciamos hoje desafios para os quais nunca nos preparamos. Sustenta-nos a crença na democracia e na importância do Poder Legislativo para a sociedade. O exercício democrático nos anima na construção de um Parlamento plural e participativo.

    É este Parlamento que tem dado à Santa Catarina contribuição essencial para a superação de tantos desafios. São dificuldades que extrapolam as questões sanitárias. Vivemos, também, turbulência política em todo o país. Felizmente ela advém do sistema democrático que rege nossa vida em sociedade.

    Essas turbulências, em grande parte, se originaram nas eleições de 2018, quando o bordão de campanha que cunhou a expressão "Nova Política" permeou o eleitorado e deu a vitória àqueles que empunharam esta bandeira. Claro que esse não foi o único trunfo dos vitoriosos.

    Fui dos primeiros a contestar a separação entre "Nova e Velha Política", logo no meu discurso de posse como presidente da Assembleia.

    Tinha convicção do que defendia, como tenho hoje, e preocupava-me que esse "bordão" tivesse vida longa. Porém, bastou pouco mais de 12 meses para que, numa leitura madura e lúcida, o jornalista Upiara Boschi sepultasse de vez a expressão cunhada pelos que chegaram ao poder.

    Na análise publicada há cerca de 15 dias ele enfatiza a "necessidade de desestigmatizar a palavra (política)" e resgatar o seu verdadeiro sentido. "Ela precisa ser dissociada de sua variação nefasta - a politicagem", adverte. E prevê que esta é tarefa para uma geração. Acredito que podemos cumpri-la em menor tempo, se começarmos já a desempenhá-la.

    A política, adicionalmente à definição do dicionário, comporta outras abordagens. Agrada-me a que diz: "Política é a arte de fazer o bem". Às causas, às instituições, às pessoas, de modo especial àquelas que mais precisam das ações políticas. Não à politicagem. Sim à Política. Nem nova, nem velha. À Política.

     

    Por Julio Garcia, deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa de SC

    21/05/2020 Leia...

    -

  • Editorial


    Santa Catarina foi o primeiro estado a decretar medidas de isolamento social, tão logo foi detectado o primeiro caso de transmissão comunitária do vírus, ainda em meados de março. Essa iniciativa no momento certo fez com que o nosso Estado se tornasse referência no enfrentamento à pandemia.

    Santa Catarina tem a terceira menor taxa de letalidade (1,71%) do Brasil e a menor entre os Estados do Sul e Sudeste, conforme dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta quarta-feira, 20. A taxa catarinense é 3,8 vezes menor do que a nacional (6,5%). Isso significa que um paciente que recebe tratamento para o coronavírus em nosso Estado tem quase quatro vezes mais chances de cura, na comparação com a média dos outros estados.  Em relação à taxa de ocupação dos leitos de UTI, temos a segunda menor entre os estados do Sul e Sudeste. O Estado tem hoje mais de 3,1 mil catarinenses recuperados e já realizou mais de 25 mil testes, o que ajuda a isolar imediatamente o paciente, e evitar a propagação do vírus.

    Sabendo ainda que o nosso único inimigo é o coronavírus, nós conseguimos encontrar o caminho da ponderação, longe do falso debate entre vidas contra economia. Buscamos soluções, seguimos todas as orientações sanitárias para evitar a disseminação do vírus e, com determinações das autoridades de saúde, mantivemos a indústria e o agronegócio funcionando.

    Por que a situação catarinense é tão mais favorável? São três os principais motivos. Além de ter sido o primeiro Estado do Brasil a decretar medidas de isolamento social, Santa Catarina monitora de perto a ocupação dos leitos de UTI em todas as regiões e adota medidas específicas conforme cada situação, com apoio e autonomia para os prefeitos decretarem restrições mais rigorosas quando necessário. O terceiro é que, desde o início da pandemia, 396 leitos de UTI foram criados em todas as regiões, ampliando a capacidade do sistema público de saúde em Santa Catarina. Nossos pacientes recebem tratamento adequado e não ficam na fila, o que aumenta suas chances de cura.

    Todas essas ações já salvaram muitas vidas. No Brasil, um em cada 11 mil brasileiros perdeu a vida em razão da Covid-19. Em Santa Catarina, a pandemia vitimou um em cada 76 mil catarinenses. Santa Catarina tem 13 mortes para cada 1 milhão de habitantes - sexto menor índice do Brasil. No país, essa a média é de mais de 89 óbitos por milhão de pessoas.

    Nesse momento tão crítico, os catarinenses provam que a conscientização é o melhor caminho. O isolamento social ocorre porque todos aprendemos que essa é a medida mais eficiente contra a doença. A maioria da população usa máscara e segue as orientações, porque tem consciência da necessidade dessa mudança de comportamento. Estamos reaprendendo a ter novas rotinas. Mas tudo isso vai passar. E Santa Catarina sairá da pandemia mais forte do que nunca, com a ajuda de cada um dos nossos cidadãos.

    21/05/2020 Leia...

    -

  • Médico de São Miguel do Oeste defende uso de Cloroquina

    img

    O médico de São Miguel do Oeste, Alexandre Spessato, concedeu nesta quarta-feira, 20, uma entrevista ao Portal Peperi sobre o uso do medicamento Cloroquina no tratamento para COVID-19.

    Na entrevista, o doutor Spessato, que tem 44 anos de experiência em medicina, relatou, que existem muitos estudiosos que recomendam o uso do medicamento para tratar o coronavírus, porque ele não deixa o vírus se reproduzir em alto nível na pessoa e assim evita uma forte reação.

    O profissional, que trabalha no SAMU a 17 anos, também falou que usa a Cloroquina no dia-a-dia para se proteger, porque trabalha com pessoas possivelmente infectadas da doença.

    Para o doutor, o medicamento é eficaz no tratamento, porque muitos tratamentos foram feitos e todos tiveram êxito quando usado. Ele também lembrou que o Donald Trump, Presidente dos Estados Unidos fez a declaração que faz o uso da Cloroquina.

    Na entrevista, Spessatto afirmou que em São Miguel do Oeste, se a população procurar o Hidroxicloroquina não vai encontrar, porque é um tratamento muito barato e é por causa disso e questões ideológicas que não está ocorrendo a liberação para o uso.

    Para o doutor, o Governo Federal deve distribuir o medicamento o quanto antes para a população.

    20/05/2020 Leia...

    -

  • Sancionado projeto de Carmen que libera R$ 6 bilhões de fundos para combater pandemia

    img

    O presidente da República Jair Bolsonaro sancionou projeto da deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) que autoriza estados, municípios e o Distrito Federal a usarem saldos de repasses do Ministério da Saúde em ações de combate à Covid-19. A estimativa é de que mais de R$ 6 bilhões estão parados nos fundos estaduais, municipais e distrital de saúde.

    A Lei Complementar 172/20 foi publicada nesta quinta-feira (16) no Diário Oficial da União. A medida está em vigor.

    Carmen Zanotto disse que a sanção do projeto era aguardada com grande expectativa pelos gestores estaduais e municipais de saúde.

    “Estes recursos são de vital importância para a saúde da população, principalmente neste momento em que os estados e municípios enfrentam grandes dificuldades para colocar em prática as ações de enfrentamento da pandemia provocada pela Covid-19”, afirmou a parlamentar.

    De acordo com a lei, os saldos financeiros só poderão ser usados durante a vigência do estado de calamidade pública que decretado devido à crise de saúde pública provocada pelo novo coronavírus, ou seja, até o dia 31 de dezembro de 2020.

    A proposta foi construída em parceria com o Conasems (Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde) e recebeu o apoio de vários parlamentares.

    16/04/2020 Leia...

    -

  • Senhor Governador

    img

    A Bancada do Oeste, que atua em defesa das demandas do Grande Oeste catarinense, determinada a contribuir para minimizar os impactos deste grave momento pelo qual o país e o nosso estado atravessam em decorrência da pandemia da Covid-19, solicita a Vossa Excelência os seguintes esclarecimentos:

     1) quais são os hospitais públicos e/ou privados do Grande Oeste referenciados pela Secretaria Estadual da Saúde para receberem pacientes infectados pelo novo coronavírus;

    2) quantos são os leitos de internação e leitos de terapia intensiva (UTIs com ventiladores pulmonares disponíveis) destinados a esses pacientes atualmente e quantos estão previstos para os próximos meses em que a pandemia deverá persistir em nosso estado;

    3) onde e quando serão instalados hospitais de campanha na região do Grande Oeste; 

    4) o Estado planeja a contratação de ACTs para reforçar o atendimento em saúde no Grande Oeste; 

    5) quais medidas econômicas imediatas estão sendo adotadas em socorro ao setor produtivo catarinense do Grande Oeste, nas áreas fiscal, de fomento, e de financiamento;

    6) qual o benefício de Assistência Social o Estado disponibilizou à população economicamente vulnerável da macrorregião Oeste do estado, especialmente aos que necessitam do Benefício de Prestação Continuada?

    Este colegiado também requer ao Estado:

    1) que disponibilize aparelhos respiradores e EPIs (Equipamentos de Proteção Individuais) conforme necessidade dos hospitais existentes nos municípios da região do Grande Oeste, especialmente os referenciados para atendimento a pacientes da Covid-19 e os de pequeno porte;

    2) a designação de um servidor (ou servidores) que possa atuar como intermediário entre o Estado e este Colegiado, para encaminhamento e resolutiva das demandas constantes neste documento.

    E recomenda:

    1) a adaptação e abertura de frentes de trabalho junto ao setor industrial do Grande Oeste para produção de equipamentos de proteção e outros insumos que se fazem necessários no combate à pandemia do novo coronavírus.
     
    Esta Bancada do Oeste entende a imperiosa necessidade de união de esforços neste momento sem precedentes, que exige a definição de medidas drásticas para salvar vidas e garantir que a economia volte a funcionar de forma segura. Certos de que nosso pleito será atendido de forma célere, colocamo-nos à disposição do Estado de Santa Catarina na construção de estratégias para vencermos os desafios que estão postos e os que se sucederão.

    Atenciosamente,

    Deputado Mauricio Eskudlark - Coordenador da Bancada do Oeste
    Deputado Altair Silva
    Deputado Coronel Mocellin
    Deputado Fabiano da Luz
    Deputado Jair Miotto
    Deputada Luciane Carminatti
    Deputado Marcos Vieira
    Deputada Marlene Fengler
    Deputado Mauro de Nadal
    Deputado Moacir Sopelsa
    Deputado Neodi Saretta
    Deputado Nilso Berlanda
    Deputado Padre Pedro Baldissera
    Deputado Romildo Titon
    Deputado Valdir Cobalchini
     

    07/04/2020 Leia...

    -

  • Abertas as inscrições para o Seletivo Unoesc

    img

    Estão abertas as inscrições para o Seletivo Unoesc. São vagas para cursos distribuídos em 10 municípios – Campos Novos, Capinzal, Chapecó, Joaçaba, Maravilha, Pinhalzinho, São José do Cedro, São Miguel do Oeste, Videira e Xanxerê. Para realizar a inscrição, basta acessar o site da Unoesc.

    São mais de 25 cursos disponíveis, por meio do Processo Seletivo, que é a forma de ingresso na Universidade, no qual a seleção dos candidatos é realizada com base na média do histórico escolar do Ensino Médio ou pela nota da redação do Enem.

    No site, está disponível a lista dos cursos oferecidos e o campo para que seja anexado o histórico escolar ou a nota do Enem. O Processo Seletivo não cobra taxa de inscrição. A relação dos candidatos classificados será divulgada em chamadas semanais.


     

    Cursos oferecidos em São Miguel do Oeste

    Administração 

    Arquitetura e Urbanismo

    Ciência da Computação

    Ciências Contábeis

    Direito

    Educação Física (Bacharel e Licenciatura) 

    Enfermagem

    Engenharia Civil

    Farmácia 

    Fisioterapia

    Medicina Veterinária

    Odontologia

    Pedagogia

    Psicologia 

     

    Curso oferecidos em São José do Cedro

    Agronomia

     

    Cursos oferecidos em Pinhalzinho

    Administração

    Ciências Contábeis 

    Design

    Direito 

    Psicologia 

     

    Cursos oferecidos em Maravilha

    Administração 

    Agronomia

    Ciências Contábeis

    Educação Física (Licenciatura) 

     

    Cursos EAD

    Análise e Desenvolvimento de Sistemas (Maravilha, Pinhalzinho e São Miguel do Oeste)

    Gestão em Recursos Humanos (Maravilha, Pinhalzinho e São Miguel do Oeste)

    Gestão Comercial (Maravilha, Pinhalzinho e São Miguel do Oeste)

    Processos Gerenciais (Maravilha, Pinhalzinho e São Miguel do Oeste)

    07/04/2020 Leia...

    -

  • Maldaner sugere 50% da cota parlamentar para o SUS combater o Coronavírus

    img

    O deputado federal Celso Maldaner protocolou na tarde desta segunda-feira (6) junto à Câmara dos Deputados a proposição de mais um projeto de lei.

     

    Além de destinar o subsídio dos parlamentares durante o período de calamidade ao Sistema Único de Saúde - SUS, Maldaner está propondo também a redução de 50% da cota parlamentar durante o mesmo período.

     

    Na justificativa do projeto, o deputado salienta que devido a pandemia da COVID-19, uma das ações de combate a propagação do vírus é o isolamento social. Sem as atividades presenciais e com a permissão do trabalho home office, a Câmara integrou o sistema remoto de votações. Com isso, a economia de passagens e despesas do mandato são reduzidas.

     

    “Portanto, nada mais justo que destinar metade dessa verba para a manutenção dos profissionais da saúde e para a compra de materiais e equipamentos, sendo estes geridos pelo SUS”, defendeu o deputado.

     

    Avaliação da Arko

    Ainda nesta segunda-feira (6), Maldaner recebeu a informação que está no radar de avaliação da Arko (consultoria muito respeitada e visada internacionalmente) como um dos parlamentares que está trabalhando no legislativo em combate ao Corona.

     

    06/04/2020 Leia...

    -

  • Governo Municipal decreta situação de emergência devido à estiagem

    img

    Decreto foi assinado nesta segunda-feira, 30 de março

    Na última sexta-feira, 27 de março, o Governo Municipal realizou uma reunião
    com representantes da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil de Descanso
    e secretários municipais. O objetivo da reunião foi analisar os dados coletados
    pela Defesa Civil, Secretaria de Agricultura e Epagri e debater medidas para
    amenizar o impacto causado pela estiagem, principalmente no interior do
    município.
    Após analisar os dados, a Defesa Civil Municipal sugeriu e o prefeito Sadi
    Bonamigo assinou nesta segunda-feira, 30 de março, o decreto de situação de
    emergência.
    Conforme os dados, o município vem enfrentando problemas com a produção e
    com o abastecimento de água, captação e tratamento de água pela Casan
    devido a pouca quantidade de água disponível.
    Para diminuir o impacto da estiagem o município está realizando o transporte
    de aproximadamente 100 mil litros de água por dia com o caminhão pipa para
    abastecer o Distrito de Itajubá, São Valentim e propriedade rurais onde as
    famílias têm solicitado água para o consumo humano, totalizando 254 famílias
    atendidas diariamente até o momento.
    Produção
    Segundo informações coletados pela Secretaria de Agricultura, diversos
    alojamentos de frango foram adiados, pois os produtores não possuem
    reservatório de água suficiente para produzir o lote do início ao fim.
    Já em relação à produção de suínos, está sendo realizada a captação de água
    nos rios, córregos e abertura de nascentes e poços, por meio da Secretaria de
    Agricultura, horas máquinas do bônus agrícola e terceirização de maquinário,
    mas mesmo com essas medidas, a produção está sendo atrasada.
    As pastagens também foram afetadas, com isso os produtores de leite estão
    substituindo-as por silagem e ração, o que tem aumentado o custo e diminuído
    a produção de leite.
    Além disso, os 19 distribuidores de esterco que foram entregue pelo Governo
    Municipal a grupos de agricultores de diversas comunidades estão sendo
    usado para o transporte de água para animais.
    Com o decreto, o município espera receber auxílio do Governo do Estado e
    tomar outras medidas para amenizar a situação. “Estamos fazendo isso a fim
    de buscar mais recursos do Estado para minimizar a situação dos produtores

    de suínos, aves, gado de corte, gado leiteiro, além dos produtores de grãos”,
    comenta o prefeito, Sadi Bonamigo.

    31/03/2020 Leia...

    -

  • COMUNICADO À IMPRENSA


     

    A Sicredi Celeiro RS/SC informa que as agências localizadas nos municípios de São Miguel do Oeste, Iporã do Oeste, Mondaí, Descanso, São João do Oeste e Itapiranga, estão operando com atendimento diferenciado a partir desta segunda-feira, 30 de março, seguindo o Plano Estratégico de Retomada das Atividades Econômicas em Santa Catarina, anunciado pelo Governo do Estado.

     

    As agências estão mantendo apenas atendimento presencial aos associados, com foco em operações que ainda não são possíveis de serem realizadas por outros canais de atendimento. O acesso ao local será controlado de forma que não gere fila e aglomerações. Os associados integrantes aos grupos de risco do Coronavírus, possuem atendimento diferenciado das 8h30 às 10h.

     

    Para segurança e comodidade, a instituição orienta que os associados optem pelo atendimento por meio de caixas eletrônicos, internet banking, aplicativo do Sicredi, Rede Banco24Horas e Rede Saque e Pague. O canal telefônico também está disponível para nossa região pelo número 0800 724 4770 e para deficientes auditivos e de fala pelo número 0800 724 0525.

     

    O Sicredi afirma que tem como prioridade a saúde, a segurança e o bem-estar de todos os seus associados, colaboradores e da comunidade onde está presente. Com essa premissa, está fazendo o máximo para atender às necessidades de seus associados.

    30/03/2020 Leia...

    -

  • CURSO DE DIREITO DA UCEFF OBTÉM 2ª COLOCAÇÃO NO 30º EXAME DA ORDEM

    img

    O curso de Direito da UCEFF comemora mais uma conquista. Conforme o coordenador, professor Rogério Soehn, na 30ª edição do Exame da Ordem realizado recentemente, os acadêmicos e concluintes do curso tiveram o melhor índice de aprovação no Estado de Santa Catarina, entre as instituições com mais de um inscrito. O professor explica que teve uma instituição com apenas um inscrito, e por isso no ranking a UCEFF ficou em segundo lugar, porém ainda bem à frente de instituições tradicionais no Estado.  

     

    O professor lembra também da conquista do 2º lugar no último Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), o que credencia o curso de Direito da UCEFF como dos melhores do Estado e da região sul do país. "Estamos sempre trabalhando para bem formar nossos estudantes que são muito engajados com o curso e participam de todas as atividades oferecidas. Agradeço ao trabalho realizado pelo colegiado de professores e também do Centro Acadêmico para motivar nossos estudantes", agradece o coordenador.

    26/02/2020 Leia...

    -

  • Livro conta a história do município de uma perspectiva nunca relatada antes e revela quem batizou Chapecó

    img

    O autor Marco Aurélio Nedel vai lançar a sua oitava obra intitulada “Como surgiu Chapecó” nesta sexta-feira, 21 de fevereiro, às 18h30, na Biblioteca Pública Municipal Neiva Maria Andreatta Costella. O livro conta a história de Chapecó de uma perspectiva nunca relatada antes.

    Segundo o autor, o livro não vem para mudar a história, porque a história de Chapecó é uma só, mas para mudar a forma como a história é contada. “Os historiadores sempre focaram na história do município a partir da vinda do Coronel Ernesto Bertaso, de 1917 em diante, já o livro aborda um período que vai desde meados do século XVII, por volta de 1650, que antecede a chegada do Coronel Bertaso e de Manuel do Nascimento Passos Maia. Traz revelações pré-Bertaso que são contadas com uma amplitude maior”, relata Nedel.

    A obra instiga o leitor a descobrir realmente o que significa a palavra Chapecó. Aponta quem, em 1834, batizou o Rio Chapecó com esse nome que, 74 anos depois, serviu de inspiração para o nome da cidade, revelando quem a batizou. Traz mapas e documentos do século XIX das províncias de São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, que estão arquivados no Rio de Janeiro, no Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e no Arquivo do Exército, na Praça Duque de Caxias.

    O livro apresenta também diversos documentos históricos, entre eles um mapa do século XVI, arquivado em Amsterdã na Holanda, considerado o mapa mais antigo que alcança a região Oeste Catarinense. Comprova também o período no qual os Guaranis deixaram a região com a Batalha do Bororé. Relata a ocupação da região pelos Paulistas e a chegada, em meados de 1836, do primeiro homem branco ao Oeste de Santa Catarina, chamado de José Raymundo Fortes.

    Fortes, que era de origem mineira, adquiriu terras da Baronesa de Limeira que morava em São Paulo. Ele se estabeleceu nas nascentes do Riacho Passo dos Fortes, formando uma grande invernada, se tornando assim o primeiro pecuarista do Oeste. Fortes também construiu um alambique para produção de cachaça, açúcar e rapadura, além de uma tafona para produção de fubá, se tornado assim também o primeiro industrial.

    Outro capítulo traz a história de Vitorino Condá, o Índio Condá, que abriu a rota para os tropeiros. Descreve a vinda, em 1882, do Marechal José Bernardino Bormann, documentada através de papéis arquivados no Rio de Janeiro, permanecendo aqui por 17 anos.

    Já em 1917 o livro relata que o médico e farmacêutico Manuel do Nascimento Passos Maia e o Coronel Ernesto Bertaso fundaram a empresa Bertaso, Maia e Cia. adquirindo da família Fortes uma área de terra. Fatos que reforçam que Maia e Bertaso foram fundamentais para o desenvolvimento de Chapecó. A partir desse período a história segue o percurso mais conhecido popularmente.

    21/02/2020 Leia...

    -

  • Mauricio Eskudlark é eleito coordenador da Bancada do Oeste

    img

    Deputado coordena as reuniões do bloco em 2020 com prioridade nas rodovias, agricultura e saúde.

    O deputado Mauricio Eskudlark (PL) foi eleito, nesta quarta-feira (19), em reunião no gabinete da 1ª vice-presidência da Alesc, coordenador da Bancada do Oeste, colegiado composto por 16 deputados e que era coordenado pela deputada Marlene Fengler (PSD). Na oportunidade os parlamentares definiram como prioridades de atuação em 2020, investimentos em saúde e a recuperação das rodovias da região.

    “Sem dúvida o problema mais grave do Oeste está relacionado às nossas rodovias, com relação às estaduais tivemos uma reunião com o Secretário Thiago Vieira, que assumiu na última semana, e solicitamos um plano de ação para sabermos a previsão de obras para que possamos dar uma resposta concreta a população”, disse Eskudlark.

    Ainda sobre as rodovias, mesmo sendo de responsabilidade do Governo Federal, Eskudlark lembrou que a bancada tem atuado pela recuperação das BR’s, como a 282, 158 e 163. “Vamos junto com nossos deputados federais e senadores solicitar ao presidente Bolsonaro e ao Ministro dos Transportes para que as rodovias como a BR-163, que está em situação calamitosa, tenham suas obras retomadas com urgência”, afirmou.

    Outras prioridades

    Segundo o parlamentar, a saúde que é outra grande prioridade, além da agricultura e mais investimentos na energia elétrica, como a rede trifásica rural. “A agricultura sempre é assunto da bancada, como por exemplo o investimento em energia, mas outra grande prioridade é diminuir cada vez mais a ambulancioterapia, e isso só será possível se levarmos tratamentos especializados para a região e ampliarmos os investimentos nos pequenos hospitais”, conclui.

    19/02/2020 Leia...

    -

  • Governo Municipal se reúne com a Casan

    img

    A falta de água em alguns pontos da cidade foi pauta da reunião

    Após solicitação, uma reunião para tratar de alguns assuntos relacionados a água e ao esgotamento sanitário no município de Descanso foi realizada na manhã desta segunda-feira, 17 de fevereiro, na Casan de Chapecó. 

    Estiveram presentes na reunião o superintendente da Casan, Daniel Scharf, o diretor do setor de manutenção e operação de esgoto da Casan, Daniel Boccese, o gerente operacional Arthur Seemann, o secretário de Administação, Paulo Lauxen, chefe de divisão de Indústria, Comércio e Serviços Regiane Rodrigues e a auxiliar adminitrativo Cristiane Previde.

    Conforme Lauxen, um dos assuntos foi a permanente falta de água em alguns pontos da cidade. “Temos contrato com a Casan e por isso fizemos a cobrança para que essa situação seja resolvida. Outro assunto foi a participação da Casan na programação da Semana da Água que estamos organizando em parcerias com entidades, onde a companhia vai fornecer material para conscientização do cuidado e preservação da água e também estará expondo a maquete da Estação de Tratamento de Água a fim de mostrar o seu funcionamento”, comenta.

    Além disso, o funcionamento da Estação de Tratamento de Dejetos Humanos e o programa de incentivo para a regularização das fossas do município de Descanto também foram pauta na reunião.

    18/02/2020 Leia...

    -

  • Deputado Marcos Vieira participa de debate sobre os rumos do agronegócio catarinense

    img

    Rota do Milho, defensivos agrícolas e investimentos no setor foram pautas do debate promovido pelo Canal Rural em Mafra

    O Deputado Marcos Vieira (PSDB) participou na quinta-feira (13) do Fórum Mais Milho, que reuniu as principais entidades do agronegócio catarinense no auditório do Sicoob Credinorte, em Mafra. O evento foi promovido pelo Canal Rural, que transmitiu os debates para todo o país.
    Coordenador da Frente Parlamentar em apoio da Rota do Milho, o Deputado Marcos Vieira fez um relato de toda a negociação para a implantação da rota, que começou ainda em 2017 com as primeiras reuniões com lideranças políticas e empresariais de Santa Catarina, Misiones (Argentina) e Itapua e Alto Paraná, no Paraguai. O principal objetivo é buscar uma alternativa aos custos elevados que o agronegócio catarinense tem para sanar o déficit de milho - o Estado produz cerca de 3 milhões de toneladas/ano (8º maior produtor do país), mas é o maior consumidor do Brasil, com quase 7 milhões de toneladas por ano. "Hoje, esse milho vem do Centro-Oeste do país, a mais de 1,5 mil km de distância, e mesmo do Paraguai, mas via Foz do Iguaçu (quase 1 mil km de distância), o que encarece o frete. Com a Rota do Milho efetivamente implantada, essa distância será de no máximo 500 km e a economia para os produtores será significativa", relatou o parlamentar.
    As dificuldades logísticas para concretizar a Rota do Milho também foram tema do debate com o presidente da Fecoagro, Cláudio Post, e o Secretário Estadual de Agricultura, Ricardo Gouveia. Segundo Marcos Vieira, no final do março a Assembleia Legislativa fará uma visita às autoridades argentinas em Posadas, capital da província argentina de Misiones, para fazer avançar as tratativas do encontro realizado em novembro de 2019 na cidade de Chapecó. "Estamos trabalhando para unir forças com os parlamentares argentinos e paraguaios, além de buscar uma aproximação com os governos desses dois países, para destravar algumas dificuldades burocráticas para que o rota possa ser implantada", explicou o deputado.
    Além dos entraves de legislação, questões de infraestrutura também fizeram parte da discussão. O Deputado Marcos Vieira lembrou que, hoje, a precariedade das rodovias da chamada faixa de fronteira, sobretudo as BRs 163, 282 e 158, além das SCs 160 e 161, é um dos problemas mais graves para o agronegócio. Outro ponto que merece atenção é a Aduana de Dionísio Cerqueira, que será a porta de entrada desse milho que virá do Paraguai via Argentina, e que hoje opera com capacidade muito inferior do que poderia.

    Defensivos agrícolas

    Com boa parte do agronegócio catarinense representado no evento, a questão da taxação dos defensivos agrícolas também foi abordada pelos participantes. No ano passado, a Assembleia Legislativa barrou a intenção do governo do Estado de cobrar 17% de ICMS nos defensivos, e manteve a alíquota zerada pelo menos até abril desse ano, quando uma decisão do Confaz irá balizar a questão em todo o país. "Não podemos permitir que mais imposto torne os nossos produtos menos competitivos perante os demais mercados. A Assembleia, de maneira unânime e após longo debate feito com todas as entidades na Comissão de Finanças e Tributação, deixou claro que não é aumentando impostos que o Estado vai avançar. O Governo do Estado precisa ser um fomentador do desenvolvimento do produtor rural, por exemplo, tirando de uma vez do papel a promessa da Celesc de levar energia elétrica de qualidade ao campo, substituindo as redes de energia monofásica e bifásica por redes trifásicas nas áreas rurais", finalizou o Deputado Marcos Vieira, arrancando aplausos do auditório lotado. 

    14/02/2020 Leia...

    -