Últimas GERAL

  • Paraíso, Belmonte e Santa Helena completam 26 anos de emancipação

    img

    Comunidades surgiram com a migração de colonizadores gaúchos em meados do Século XX

    Região

    Os municípios de Paraíso, Belmonte e Santa Helena comemoraram terça-feira, 09, os 26 anos de emancipação político-administrativa, que ocorreu simultaneamente no dia 9 de janeiro de 1992, quando o Estado teve um “boom” na criação de novos municípios. Para comemorar a data, as prefeituras organizaram uma programação festiva.

    Na obra literária “Nos rastros da Coluna Prestes”, lançada pela Gráfica e Editora São Miguel/Jornal Imagem em dezembro de 2017, foi feito um levantamento histórico dos 27 municípios do Extremo-Oeste, surgidos a partir das picadas abertas pelo lendário grupo armado de Luís Carlos Prestes, em 1925. Entre estes municípios, estão Paraíso, Santa Helena e Belmonte, antes pertencentes a São Miguel do Oeste e Descanso, respectivamente.

    PARAÍSO

    Paraíso conseguiu sua emancipação político- administrativa somente em 09 de janeiro de 1992, sendo desmembrado de São Miguel do Oeste. Mas já na metade do século XX, colonizadores desbravavam o território. Atualmente, conta com cerca de 3.800 habitantes.

     

     

    Migrantes constroem moradia em Paraíso, meados do Século XX (Acervo Municipal)

    A última cidade do Estado a ser ligada pela BR-282, Paraíso é considerada a porta de entrada do Mercosul, já que faz fronteira com a Argentina e praticamente divisa com a cidade de San Pedro, na Província de Misiones, no país vizinho. A primeira tentativa de emancipação foi em 1954, mas a comunidade foi derrotada em votação pela Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste

    A partir do início da década de 1990, com a inauguração da Ponte Internacional Peperi-Guaçu, que divide Paraíso e San Pedro, a cidade passou a ser conhecida também como Capital da Integração. Mas o município só começou a se desenvolver realmente a partir de 2010, com a inauguração do asfaltamento do trecho de 30 quilômetros da BR-282, ligando Paraíso a São Miguel do Oeste.

     

     

    Prefeito Valdecir Antonio Casagrande, eleito em 2016 (Divulgação)

     

    SANTA HELENA

    Como as demais cidades do Extremo-Oeste, o município de Santa Helena foi colonizado por gaúchos descendentes de imigrantes italianos e alemães que esperavam enriquecer com a extração de madeira. Os colonizadores chegaram em 1943, mas apenas em setembro de 1962 foi fundado o Distrito de Santa Helena, pertencente ao município de Descanso. A emancipação só aconteceu em 1992.                                                                         

    A cidade nos dias atuais, é pequena e tranquila, com cerca de 2.400 habitantes. O minifúndio predomina na área rural e o destaque na produção agrícola é o milho, mas também se planta fumo, trigo, feijão, soja, laranja, arroz, mandioca, batata doce, cana-de-açúcar e batata inglesa. Desenvolve-se, ainda, a suinocultura, bovinocultura, avicultura e apicultura.

     

    15/01/2018 Leia...

    -

  • Comércio registra 3,2% de crescimento nas vendas de Natal

    img

    São Miguel do Oeste

     

     

    As vendas de Natal em São Miguel do Oeste registraram aumento em relação ao mesmo período do ano passado. Conforme a presidente da CDL, Solani Balbinot, na pesquisa realizada pela FCDL com lojistas de diferentes segmentos, mais as consultas ao SPC, o município fechou o ano com saldo positivo também para as vendas de Natal. Dentre os itens mais procurados destacam-se vestuário e calçados com 37,5 % e 25% eletrodomésticos.

    A pesquisa ainda apontou que o valor médio do tíquete de vendas foi de R$ 185,00, sendo a forma de pagamento mais utilizada o crediário, com 33%, seguido pelo cartão de crédito, com 27%, 22% para compras à vista e 16% compras via cartão de débito.

    Solani credita essa estimativa positiva aos fatores políticos e econômicos que têm apresentado também indicadores positivos, o que impulsiona a economia em todo o País. “O comércio tem se mantido com fatores positivos durante todo 2017 e nosso associado tem mais consciência também na hora de fazer a venda no crediário para que ele não tenha prejuízo futuro. Isso tudo reflete nas vendas e na economia do município também”, analisa.

    15/01/2018 Leia...

    -

  • Cooperativas de crédito são autorizadas a gerir recursos dos municípios

    img

    A nova lei possibilita que milhares de municípios brasileiros sejam alavancados por meio das cooperativas de crédito

    São Miguel do Oeste

     

     O presidente da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina (Ocesc) Luiz Vicente Suzin festejou a conquista de uma antiga aspiração do cooperativismo: a autorização para as cooperativas de crédito gerir recursos dos municípios. Sancionado no dia 4 e publicado no Diário Oficial da União do dia 5 de janeiro, o PLP 100/2011 autoriza as cooperativas de crédito a captarem recursos dos entes públicos municipais. Convertido na Lei Complementar 161, de 4 de janeiro de 2018, também autoriza que as cooperativas e os bancos cooperativos realizem a gestão das disponibilidades financeiras do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop).

    A nova lei possibilita que milhares de municípios brasileiros sejam alavancados por meio das cooperativas de crédito, que poderão gerir as disponibilidades de caixa de entes públicos municipais, ou seja, administrar os recursos não carimbados de prefeituras, como a folha de pagamentos de servidores públicos e recursos arrecadados de IPTU, IPVA e ISS, dentre outros. Ganham todos, as prefeituras, as cooperativas e a própria comunidade”, expõe o presidente da Ocesc

    Otimista com as novas perspectivas, Suzin destacou que o cooperativismo de crédito é essencial não só para os produtores rurais e demais atores do setor agropecuário, mas também para o acesso ao crédito a pequenos e médios negócios nas cidades.

    A captação de recursos de prefeituras está limitada ao valor de R$ 250 mil, hoje assegurado pelo Fundo Garantidor do Cooperativismo de Crédito (FGCoop) por depositante, pessoa física ou jurídica. Porém, o Conselho Monetário Nacional poderá disciplinar, através de regras prudenciais, como as cooperativas de crédito captarão montantes superiores à garantia oferecida pelo FGCoop.

     

     

    15/01/2018 Leia...

    -

  • Decreto autoriza agentes de saúde entrar em imóveis para combate ao Aedes Aegypti

    img

    Decreto foi assinado pelo prefeito Wilson Trevisan segunda-feira e endurece as ações para prevenir a Dengue

    São Miguel do Oeste

     

    Baseados na Lei Federal 13.301, de 27 de junho de 2016, os agentes comunitários de saúde de São Miguel do Oeste, estão autorizados a determinar e executar as medidas necessárias ao controle das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti. A partir desta lei, o prefeito Wilson Trevisan apresentou na tarde de segunda-feira, 08, durante reunião da sala de situação, o Decreto Municipal 8.952/2017. O documento leva em consideração a situação de iminente perigo à saúde pública pela presença do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya.

    De acordo com Trevisan, agora os agentes poderão ingressar em imóveis públicos e particulares, no caso de situação de abandono, ausência ou recusa de pessoa que possa permitir o seu acesso. “Nossa intenção é que os agentes sigam o trabalho que têm feito diariamente junto às residências, terrenos baldios e comércios. O decreto é um documento municipal que dá um embasamento legal para que estes servidores possam desempenhar sua função e contribuir com a saúde pública do município”.

    O prefeito solicitou ainda, à equipe de combate a dengue, que organize um roteiro de visitas para orientar os proprietários de imobiliárias e construtoras a fim de ter um cuidado maior em obras e locais desocupados. Além disso, elaborou o Decreto 8.957/2018, que destina um funcionário por prédio público para as devidas vistorias.  “Já tomamos todas as medidas possíveis no que diz respeito à conscientização das pessoas. Realizamos uma forte ação com a parceria de diversas entidades e nossas equipes estão nas ruas todos os dias fazendo o seu trabalho. Mas se ainda assim, algumas pessoas insistirem em não fazer a sua parte, nossos agentes vão, sim, ingressar nestes imóveis para resolver a situação, e ainda multar os proprietários”, enfatiza Trevisan.

    Se necessário, os proprietários serão intimados a limpar os lotes e, caso não atendida a intimação, poderão receber multa equivalente a 20% da Unidade Fiscal Municipal (UFM). Em valores atuais, esta multa ficaria em R$ 466,38. Em caso de reincidência, o valor será elevado em 50%.

    Segundo o coordenador do setor da Dengue, Célio Silva, no ano passado foram identificados 591 focos em São Miguel do Oeste. Nestes primeiros dias do ano, já são 25 novos focos. Eles foram localizados nos bairros Jardim Peperi (03), São Gotardo (04), Progresso (03), Estrela (02), Andreatta (2), Agostini (03), Sagrado Coração (02) e no Centro (06).

     

    15/01/2018 Leia...

    -

  • Inaugurado Centro Empresarial em Itapiranga

    img


    Conforme a Secretária de Industria, Comércio e Prestação de Serviço, Carlise Werlang, o espaço da rodoviária de Itapiranga abriga, a partir de hoje, diversos outros setores.

    Além dos guichês para venda de passagens de ônibus, as alterações possibilitaram local para a feira livre municipal, departamento da indústria, comercio e prestação de serviços, departamento de turismo, sala do empreendedor, SINE, JUCESC e o centro de atendimento ao turista.

    Também no local ficará situado a ACAPLAI – Associação dos artesãos plásticos de Itapiranga.


    Diversas autoridades se fizeram presentes no evento desta quarta-feira.

    Conforme a Secretária de Industria, Comércio e Prestação de Serviço, Carlise Werlang, o espaço da rodoviária de Itapiranga abriga, a partir de hoje, diversos outros setores.

    Além dos guichês para venda de passagens de ônibus, as alterações possibilitaram local para a feira livre municipal, departamento da indústria, comercio e prestação de serviços, departamento de turismo, sala do empreendedor, SINE, JUCESC e o centro de atendimento ao turista.

    Também no local ficará situado a ACAPLAI – Associação dos artesãos plásticos de Itapiranga.

    Diversas autoridades se fizeram presentes no evento desta quarta-feira.

     

    29/12/2017 Leia...

    -

  • ESKUDLARK MARCA SEU MANDATO PELO TRABALHO VOLTADO À SAÚDE E SEGURANÇA

    img

    Atuação do deputado fortalece o diálogo com as bases, a presença constante nos municípios e ações voltadas a segurança, saúde e infraestrutura.

     

    Foram centenas de quilômetros percorridos durante o ano de 2017 para estar presente em praticamente todos os municípios de Santa Catarina. A experiência do deputado Mauricio Eskudlark (PR) nos seus mais de 30 anos como delegado de polícia, mantendo um diálogo e cultivando amizades o tornou um parlamentar próximo ao cidadão.

     

    O parlamentar que é o atual líder do Partido da República na Assembleia Legislativa, está no seu terceiro mandato, e no início do ano foi eleito para a mesa diretora, assumindo como 4º secretário, sendo o único representante da região Oeste na mesa.

     

    Com uma atuação pautada na defesa dos municípios, o deputado buscou fortalecer setores primordiais como a saúde, agindo na cobrança de recursos públicos para ampliar as especialidades no interior e o fortalecimento dos hospitais de médio, pequeno porte e comunitários. A luta pela implantação dos setores de oncologia dos hospitais do Extremo Oeste e Alto Vale foram bandeiras levantadas.

     

    Já a segurança, setor bem conhecido pelo deputado que já atuou como delegado geral de polícia, foi tema de debates semanais, principalmente saindo em defesa dos excedentes dos concursos da área da segurança, pedidos de aumento de efetivo, melhorias na infraestrutura dos setores da segurança pública. Além da defesa no plenário e debate com as entidades de classe, foram apresentados projetos de valorização dos servidores, com a implantação da promoção automática dos policiais civis e o fim do chamado pedágio, quando os policiais ficavam de sobreaviso, mas não recebiam estas horas extras.

     

    No setor de infraestrutura o parlamentar foi um crítico à situação calamitosa em que se encontram as rodovias estaduais e federais em Santa Catarina, sendo tema de audiências, ped

    28/12/2017 Leia...

    -

  • Pai busca ajuda para operar filho com tumor no cérebro [ESTAMOS INVESTIGANDO]

    img

    Arlei de Cristo é morador de Itapiranga e tem o filho de 9 anos internado em Porto Alegre, aguardando uma cirurgia que custa R$ 50 mil

    Itapiranga

     

    Arlei de Cristo, 29 anos, residente em Itapiranga, está percorrendo toda a região comercializando uma rifa para conseguir juntar R$ 50 mil. O motivo é seu filho, Alan Chaves de Cristo, 9 anos, portador de um tumor cerebral desde os 2 anos de idade. Alan está internado na Santa Casa de Misericórdia, em Porto Alegre, aguardando uma cirurgia, pela qual o médico responsável está cobrando R$ 50 mil. O menino está na capital gaúcha acompanhado pelos avós.

    Arlei, que cria o filho sozinho com ajuda dos pais, esteve no Jornal Imagem terça-feira, 19, vendendo a rifa. Ele conta que o filho contraiu Dengue, o que, segundo ele, teria sido a causa do desenvolvimento do tumor. Apesar da doença, ele diz que Alan é um garoto normal e não tem nenhum outro problema de saúde. Entretanto, afirma que o ele corre sério de risco de morrer se não foi submetido a cirurgia, já que o tumor vem crescendo.

    Arlei é filho de Ênio de Cristo e Lair Pereira de Cristo, agricultores da comunidade de Santa Fé Baixa, em Itapiranga, e reside com os pais. Ele revela que Alan foi abandonado pela mãe, que caiu nas drogas. Até o momento, Arlei conseguiu arrecadar R$ 3 mil com a rifa. Para receber contribuições, ele mantém a conta 5288-6, na agência 4811 da Caixa Econômica Federal de Itapiranga e pede ajuda da comunidade regional para levantar o valor necessário.

    ATUALIZAÇÃO: Estamos verificando a autenticidade do relato.

      

    23/12/2017 Leia...

    -

  • Unoesc abre inscrições para novas turmas da Uniti

    img

    Região

     

    A Unoesc São Miguel do Oeste, São José do Cedro, Maravilha e Pinhalzinho está com as inscrições abertas para novas turmas da Universidade da Terceira Idade (Uniti). As inscrições poderão ser realizadas até o dia 05 de fevereiro, na Diretoria de Pesquisa, Pós-graduação e Extensão do campus de São Miguel do Oeste e nas secretarias acadêmicas de São José do Cedro, Maravilha e Pinhalzinho. Serão disponibilizadas 40 vagas em cada local.

          Para participar é preciso ter mais de 55 anos.  O critério utilizado para a seleção do candidato será a idade e a ordem de inscrição. Segundo a professora Janes Köhnlein, as aulas iniciam no dia 21 de fevereiro e serão realizadas todas às quartas-feiras, das 13h30 às 17h. Durante um ano e meio, os alunos participarão de atividades focadas em três grandes eixos: Conhecimento e cuidado; Revisão de vida e Da reflexão à ação. Além disso, os alunos terão a oportunidade de participar de atividades físicas, culturais e de ampliação do conhecimento.

          "Esse é um curso pensado com muito carinho para as pessoas que querem se aperfeiçoar. A estrutura curricular é dinâmica e se consolida com atividades teóricas e práticas, valorizando a interação, a convivência e a valorização das experiências de vida", ressalta a professora Janes Köhnlein. 

    23/12/2017 Leia...

    -

  • Dnit confirma implantação do contorno viário

    img

    Projeto e execução da obra será licitado juntamente com um dos lotes da BR-163

    São Miguel do Oeste

     

    O superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes de Santa Catarina (Dnit), Ronaldo Barbosa, confirmou ao prefeito de São Miguel do Oeste, Wilson Trevisan, que os trâmites para implantação do contorno viário do município devem iniciar em 2018. A confirmação ocorreu na sexta-feira, 15, em Florianópolis, durante reunião que também contou com a presença do procurador jurídico da prefeitura de São Miguel do Oeste, Nédio de Lima, e do chefe de serviços de engenharia do Dnit/SC, Névio Carvalho. Barbosa informou que o órgão já finalizou um novo levantamento topográfico, que era requisito para os passos seguintes.

    Trevisan explica que a licitação para o contorno viário ocorrerá pelo Regime Diferenciado de Contratação (RDC), onde a mesma empresa será responsável pelo projeto e execução das obras. O Edital será lançado juntamente com um dos lotes das obras da BR 163, entre São Miguel do Oeste e Dionísio Cerqueira. A fase atual é de rescisão do contrato com a empresa que era responsável pelos serviços até então. Em seguida, será lançado o novo processo.

    O contorno viário deve iniciar pelo bairro Santa Rita, ao lado da BR 282 (Maravilha-São Miguel do Oeste), cortando, logo adiante, a SC 163, e passando pelo interior do município, em comunidades como a linha Emboaba e Fátima, acesso a Bandeirante e BR 282 (São Miguel do Oeste-Paraíso) e chegando, por fim, à BR-163 (São Miguel do Oeste-Guaraciaba). A obra irá contemplar a instalação de uma via completamente nova, de aproximadamente 11 quilômetros, com um projeto ousado, incluindo trevos e viadutos passando sobre as atuais estradas do interior.

    FISCALIZAÇÃO ELETRÔNICA

    Outro assunto tratado pelo prefeito e o procurador jurídico no Dnit foi relativo à fiscalização eletrônica da Willy Barth e Waldemar Rangrab. Ronaldo Barbosa autorizou a instalação dos equipamentos. Ficou acertado que o município poderá instalar os semáforos e lombadas eletrônicas e, em contrapartida, será responsável pelos serviços de manutenção destes trechos, como corte de grama nos canteiros centrais da Willy Barth e pequenas operações tapa-buracos. Outras restaurações e intervenções de porte maior, continuarão sob responsabilidade do Dnit.

    O objetivo principal do contorno viário é desviar o trânsito de veículos pesados do centro da cidade, aumentando a segurança no trânsito, diminuindo o número de acidentes na Willy Barth e melhorando as condições da avenida. Também incrementaria o movimento econômico de São Miguel do Oeste e ajudaria a desenvolver as localidades do interior por onde passar.

    23/12/2017 Leia...

    -

  • Lançado Roteiro turístico Caminhos da Fronteira

    img

    O Roteiro Turístico Caminhos da Fronteira foi lançado oficialmente quinta-feira, 14, no Clube Comercial, de São Miguel do Oeste. Durante o evento, empreendedores do setor turístico demonstraram por meio da feira do turismo os atrativos e efetivos potenciais desenvolvidos para receberem visitantes. Participaram aproximadamente 250 pessoas entre lideranças regionais, empresários e comunidade.

    A iniciativa, desenvolvida pela Associação dos Municípios do Extremo-Oeste (Ameosc) e pelo Sebrae/SC contempla diversas atrações turísticas de 17 municípios da região. O secretário executivo da Ameosc, Airton Fontana, realça que o roteiro conta com uma sugestão de visitas em vários locais com horários, rotas para deslocamentos e atrações para dois dias. “Muitos desses pontos já recebem visitantes, mas de forma isolada, sem uma articulação entre os municípios”. 

    O coordenador regional Extremo-oeste do Sebrae/SC, Udo Trennepohl, lembra que o projeto começou a ser planejado em 2015.  “Estamos lançando este Roteiro após um longo trabalho de organização, capacitação, investimento e muita determinação. É uma iniciativa que promoverá ainda mais o potencial turístico e movimentará a economia regional”, salienta, ao comentar que já existem roteiros estruturados como a Rota dos Cânions, em Anchieta e a Rota do Campo, em Iraceminha.

    Para o presidente da Associação de Municípios do Extremo Oeste de Santa Catarina, Cláudio Junior Weschenfelder, o roteiro vem sintetizar um trabalho importante realizado nos últimos anos e que deve ser um divisor de águas no turismo regional. “Assim como vários protagonistas, o turismo se viabiliza com uma estratégia regionalizada, uma vez que temos atrações diversas como a gastronomia, a cultura, as belezas naturais, em vários municípios. Tudo foi construído regionalmente para possibilitar um roteiro que vise a qualidade de vida”, comenta.

    23/12/2017 Leia...

    -

  • Estudantes de Psicologia apresentam projetos sociais

    img

    Os estudantes elaboraram projetos voltados à saúde do agricultor, à área hospitalar, aos idosos, população de rua, juventude, assédio moral, câncer, reciclagem, entre outros.

    Os acadêmicos de Psicologia da Unoesc São Miguel do Oeste estão apresentando, até o dia 7 de dezembro, para a comunidade, os projetos sociais elaborados na disciplina de Técnicas de Avaliação e Intervenção Psicossocial. Segundo a coordenadora do curso, professora Lisandra Antunes de Oliveira, os estudantes elaboraram projetos voltados à saúde do agricultor, à área hospitalar, aos idosos, população de rua, juventude, assédio moral, câncer, reciclagem, entre outros.

    Durante o desenvolvimento dos trabalhos, os alunos identificam necessidades dos locais onde estão inseridos. "Além disso, eles contribuem com a comunidade; trabalham a prevenção de doenças e na promoção da saúde e mostram o trabalho da Psicologia. Muitos dos projetos estão sendo levados a diante nos estágios ou na vida profissional dos estudantes", acrescenta Lisandra. Em Pinhalzinho, todos os trabalhos já foram apresentados à comunidade.  

    A acadêmica Jaqueline Fabbi desenvolveu um projeto para implementação de um plantão psicológico na Unidade Básica de Saúde (UBS) do município de Barra Bonita. O objetivo do plantão é atender emergências e oferecer acolhimento a pacientes que vão consultar e descobrem que terão que passar por um procedimento, além de dar suporte aos seus familiares.  Jaqueline observa que esse serviço diminuiria o uso de medicamentos e consultas médicas. "A atividade é uma oportunidade para encontrar soluções diferenciadas para demandas da nossa região, beneficiando a comunidade", avalia a estudante. 

    25/11/2017 Leia...

    -

  • Iniciada a instalação da decoração natalina na cidade

    img

    São José do Cedro

     

    A administração municipal de São José do Cedro e Secretaria de Educação e Cultura, através do auxílio dos funcionários da Secretaria de Transporte e Obras, iniciou nesta semana a instalação da decoração natalina na cidade. Inicialmente, são instalados as casinhas e os pinheiros. Enquanto uma equipe está na rua, a outra se concentra no CTG Mate Amargo, onde o trabalho é realizado por funcionários da Educação e Cultura, universitários e voluntários. Lá concentra-se a confecção da decoração. 

    A secretária de Educação e Cultura, Célia Toigo, destaca que as luzes natalinas serão ligadas na noite de 04 de dezembro, data em que é programado um evento na Praça Antônio Foppa. As luzes permanecerão até o dia 04 de janeiro.  No dia 23 de dezembro, acontece a 16ª edição do Natal Luz, também na Praça Antônio Foppa.

     

    25/11/2017 Leia...

    -

  • Sicoob São Miguel destinará R$ 4,48 milhões em sobras para associados


    Durante assembleia geral ordinária e extraordinária realizada na manhã de sábado foi eleita a nova diretoria e conselho fiscal para os próximos quatro anos

    São Miguel do Oeste

     

    A Cooperativa de Crédito de Livre Admissão de Associados São Miguel do Oeste (Sicoob São Miguel) promoveu na manhã de sábado, 11, a assembleia geral ordinária e assembleia geral extraordinária, no auditório do Sicoob, em São Miguel do Oeste. Durante a assembleia geral foi realizada a prestação de contas do exercício encerrado em 31 de dezembro de 2016.

    O presidente Edemar Fronchetti, que comandou a maior parte das apresentações, mostrou o relatório de gestão, os balanços do primeiro e segundo semestre do exercício de 2016, a demonstração das sobras ou perdas apuradas, parecer do Conselho Fiscal, relatório de auditoria independente e a destinação das sobras apuradas.

    Segundo Fronchetti, o Sicoob São Miguel encerrou o ano com 63.760 associados, realizando um total de operações de crédito no valor de R$ 715,7 milhões, incluindo investimentos via BNDES. O total de depósitos chegou ao valor de R$ R$ 639,6 milhões. As sobras totais chegaram em 2016 a um valor de R$ 24 milhões, dos quais, R$ 4,48 milhões serão distribuídos aos associados em conta corrente.

    O presidente enfatiza que com esse demonstrativo e dos anos anteriores, o Sicoob São Miguel tornou-se a 28ª maior cooperativa de Crédito do Brasil, a 10ª maior cooperativa do Sistema Sicoob em número de ativos e a 2ª maior cooperativa do Sicoob SC/RS. Segundo ele, esse é o resultado da política de organização que o Sicoob São Miguel vem desenvolvendo ao longo dos 27 anos de trabalho.

    ALTERAÇÕES ESTATUTÁRIAS

    Durante a assembleia geral extraordinária, foram realizadas mudanças estatutárias, dentre elas na destinação das sobras, onde foi incluído um valor maior no resultado que é dividido entre os associados no final de cada exercício. Segundo ele, na perspectiva anterior, 70% do valor era capitalizado e 30% dividido entre os associados e agora, 50% será distribuído em dinheiro na conta corrente dos associados e 50% permanece no Fundo de Estabilidade Financeira.  

    Na manhã de sábado, também ocorreu o sorteio dos últimos três carros da campanha de capitalização do Sicoob São Miguel, que foi sorteado para Cristiane Gonçalves, de Dionísio Cerqueira, Otmar Justen e Névio Corso, de São José do Cedro

    Durante a assembleia, ainda ocorreu a aprovação dos nomes dos representantes do conselho de administração e diretoria executiva para os próximos quatro anos.

     

    15/03/2017 Leia...

    -

  • Ex-prefeito, ex-vereador, empresas e empresários viram réus


    Fruto de denúncia do Ministério Público, justiça instaura processo contra o ex-prefeito Nelson Foss da Silva, o ex-presidente da Câmara de Vereadores, Idemar Guaresi, empresários e empresas por fraude em licitações

    São Miguel do Oeste

    O promotor de justiça da moralidade administrativa da Comarca de São Miguel do Oeste, Cyro Guerreiro, ajuizou no dia 8 de março uma Ação Civil Pública contra o ex-prefeito Nelson Foss Da Silva e outras 10 pessoas e empresas por fraudes em licitações públicas e uso indevido de serviços, bens e máquinas municipais. A ação por ato de improbidade está baseada na investigação feita pela Delegacia de Investigações Criminais (DIC) e que recebeu o nome de operação Patrão.

    Também foram denunciados o ex-secretário de Obras, ex-vereasdor presidente da Câmara, Idemar Guaresi, e o ex-servidor Luiz Cozer, o “Peninha”, também ex-vereador do município. No processo, o promotor Cyro Guerreiro cita que o ex-prefeito Nelson comandou um esquema de fraudes para dilapidar o patrimônio do município, fraudando procedimentos licitatórios para desviar dinheiro público em proveito do grupo.

    A ação começou a tramitar no Fórum da Comarca, transformando os acusados em réus perante a justiça. Além desta, outra ação deverá ser instaurada, penalizando criminalmente os envolvidos. O processo instaurado na justiça, em São Miguel do Oeste, relata uma situação em que o ex-prefeito Nelson Foss da Silva, Idemar Guaresi e Luiz Cozer  ameaçaram Ivan Corassa de morte.

    Eles teriam oferecido R$ 40 mil a Corassa para que este desistisse da licitação para obras de calçamento no Santa Rita. O pagamento seria feito em pó de brita e pedrisco e se Corassa não participasse do certame, seria beneficiada a empresa Barazzetti Construtora, que também participava do esquema. Foram efetuadas várias tentativas de dissuadir Corassa de participar e diante da recusa o ameaçaram de morte.

    São réus ainda no processo a Cooperativa Mista de Profissionais Autônomos e Comércio de Materiais (Cooperastec), Antonio Padilha Alves da Silva, RS Construções Ltda, Sebastião Padilha Alves da Silva, Sebastião Padilha Alves da Silva ME, Jovito Carlos Sodré, Ricardo Barazzetti e Barazzetti Construtora de Obras Ltda,

    O ex-prefeito Nelson disse que ainda não foi citado oficialmente pela Justiça e não quer se manifestar sobre o processo.

    15/03/2017 Leia...

    -

  • 2º Encontro da Mulher Belmontense reúne 80 mulheres


    Belmonte

     

    Uma programação especial foi promovida em Belmonte para comemorar o Dia Internacional da Mulher. A secretaria municipal de Saúde e o Núcleo de Apoio à Saúde da Família (Nasf) realizaram o 2º Encontro da Mulher Belmontense, quarta-feira, 08, no Ginásio Comunitário de Linha Bela União. Cerca de 80 mulheres da sede e de comunidades do interior do município participaram do evento.

    A programação iniciou às 13h30, com recepção das mulheres pelo prefeito Genésio Bressiani, 1ª Dama Ana Bressiani, esposa do vice-prefeito, Jane Pisoni, e profissionais da Secretaria de Saúde. Às 14h, a delegada de Polícia Civil da Comarca de Descanso, Joelma Stang, ministrou palestra sobre temas relacionados à Lei Maria da Penha e o empoderamento da mulher. A atividade continuou em seguida com assistente social Claudia Teixeira prestando homenagem pelo Dia da Mulher em nome da Secretaria, com a entrega de uma lembrança para todas as mulheres presentes.

    Conforme a assistente social, Claudia Teixeira, o evento foi realizado com o propósito de orientar as mulheres sobre seus direitos dentro dos diferentes tipos de violência, seja domiciliar, física, psicológica, financeira, entre outras.

    15/03/2017 Leia...

    -

  • Vencimento do IPTU é prorrogado para 20 de março

    img

    São Miguel do Oeste

     

    O prazo para pagamento em cota única ou da primeira parcela do IPTU 2017 foi prorrogado em São Miguel do Oeste. A data inicial era 10 de março, entretanto, um decreto assinado pelo prefeito Wilson Trevisan prorroga o vencimento para o dia 20 deste mês. A decisão leva em consideração que, neste ano, o carnê do Imposto Predial e Territorial Urbano, que até então era entregue pelos Correios, passou a ser emitido via internet, pelo site do município (www.saomiguel.sc.gov.br) e alguns contribuintes podem ter perdido a data para pagamento.

    Apesar da nova modalidade de emissão dos carnês, os pagamentos estão dentro do registrado em anos anteriores. Segundo a diretora municipal de Tributos, Luciane Marion, 9.771 contribuintes (47%) fizeram o pagamento em cota única dentro do prazo inicial. O montante de recursos quitados nesta modalidade chegou a R$ 3.410.402,95. Outros 6.089 (28%) contribuintes efetuaram o pagamento da primeira parcela dentro do prazo, atingindo R$ 385.119,47. No total, cerca de 75% dos contribuintes já pagaram seu IPTU, em cota única ou primeira parcela.

    “Ficamos impressionados com o número de pessoas que fez o pagamento na semana passada. Por ser uma modalidade nova de emissão dos boletos, não sabíamos como seria a receptividade da população, mas o índice de quitação ficou semelhante a anos anteriores, e acreditamos que, com esta prorrogação, vá ficar até maior”, salienta Luciane.

    15/03/2017 Leia...

    -

  • Sicredi Celeiro apresenta os resultados de 2016


    A cooperativa de crédito irá distribuir mais de R$ 3,4 milhões em sobras entre os associados

    São Miguel do Oeste

     

    A direção do Sicredi Celeiro reuniu os associados na noite de sexta-feira, 10, e apresentou as contas relativas ao ano de 2016, bem como a saúde financeira da instituição. Participaram da reunião, coordenada pelo presidente Vitor Augusto Rizzardi, o gerente da unidade local, Jair Zonin, o conselheiro Sebastião Câmara, funcionários e sócios do Sicredi Celeiro.

    Segundo Jair Zonin, entre os objetivos da assembleia estavam a prestação de contas do exercício financeiro de 2016, a destinação dos resultados, eleição do Conselho Fiscal e dos coordenadores de núcleos. O evento encerrou com o sorteio de prêmios e um jantar de confraternização.

    A Sicredi Celeiro RS/SC conta com 18 agências em 13 municípios no Estado do Rio Grande do Sul e cinco no Estado de Santa Catarina, em São Miguel do Oeste, Descanso, Iporã do Oeste, São João do Oeste e Mondaí. Atualmente são mais de 37 mil associados.

    Conforme o presidente da Cooperativa, Vitor Augusto Rizzardi, foram rateados entre os associados as sobras do ano passado no valor de R$ 3,4 milhões. “Nós crescemos em 2016 nos ritmos dos anos anteriores, especialmente no setor da carteira agrícola. Por outro lado, os depósitos, as poupanças e aplicações financeiras cresceram muito. Já para este ano de 2017 estamos percebendo uma retomada na economia, proporcionando uma perspectiva de esperança de um incremento nas atividades da cooperativa”, avaliou.

    15/03/2017 Leia...

    -

  • Unoesc participará de atividades de conscientização no Dia da Água

    img

    São Miguel do Oeste

     

    A Unoesc São Miguel do Oeste participará, no próximo dia 22, das atividades alusivas ao Dia Mundial da Água, na área coberta da Praça Walnir Botarro Daniel, em conjunto com outras instituições. O público que passar no local, no horário compreendido das 9h às 17h, poderá visualizar no microscópio os diferentes tipos de bactérias e protozoários que podem estar presentes na água contaminada. Segundo a bióloga, professora Eliandra Rossi, por trás de um copo de água com ausência de cor, odor e gosto podem se esconder micro-organismos invisíveis ao olho nu. "Por isso, é importante que seja feita a análise da água das residências a cada seis meses", recomenda a professora.

    A atividade também tem o objetivo de conscientizar a população que esses cuidados devem ser tomados o ano inteiro e não somente no mês de março. Além das análises, a população precisa fazer a limpeza das caixas, no mínimo a cada seis meses. A falta de limpeza e desinfecção de filtros e caixas também interferem negativamente na qualidade da água. "A ingestão de água livre de microorganismos é importante para se evitar a disseminação de diversas doenças", alerta a professora.

    Durante esta semana, a Unoesc também está desenvolvendo palestras em escolas da rede estadual de ensino de São Miguel do Oeste. Os alunos são convidados a refletirem sobre a qualidade da água na região, a partir dos resultados obtidos em pesquisas, trabalhos de conclusão de curso (TCC) e atividades de extensão desenvolvidas por acadêmicos da Unoesc. "Nas palestras, discutimos os fatores responsáveis pela contaminação dos mananciais e sugerimos medidas preventivas e corretivas para melhorar a qualidade da água consumida, ressaltando a importância das ações de cada cidadão", informa Eliandra.

    15/03/2017 Leia...

    -

  • Acadêmicos participam de palestra sobre relações segundo as tradições de Moçambique

    img

    A atividade foi desenvolvida nas disciplinas de Antropologia Jurídica e Direito de Família

    São Miguel do Oeste

     

          Os acadêmicos da segunda e sexta fase do curso de Direito da Unoesc participaram quarta-feira, 08, da palestra "A Antropologia e o Direito de Família: relações de gênero e a multiculturalidade", ministrada pelo professor Irmão Plácio José Bohn. A atividade foi desenvolvida nas disciplinas de Antropologia Jurídica e Direito de Família. Durante a palestra, Plácio abordou questões relativas ao gênero e à família, segundo as tradições de Moçambique, país em que morou por quatro anos.

    Segundo Plácio, no país africano a mulher é vista como símbolo da vida e da fertilidade. Já o homem é visto como um símbolo de autoridade e é responsável pela construção de casas e por fazer contatos sociais e familiares. O homem moçambicano também tem direito à poligamia e tem filhos com diversas mulheres ao longo da vida. "Ter filhos é o estatuto social do homem moçambicano. Homens sem filhos são excluídos dos grupos", detalhou Plácio.

             A professora Edenilza Gobbo destaca que a atividade repercute na formação humanística dos acadêmicos. "A atividade permite o conhecimento sobre questões de gênero e das relações familiares também sob a perspectiva da cultura estrangeira", afirma a professora.

    15/03/2017 Leia...

    -

  • Município vai sediar 1º Seminário Regional de Tuberculose e Brucelose Animal


    Iporã do Oeste

     

    O governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Agricultura e com apoio da prefeitura de Iporã do Oeste e da Agência de Desenvolvimento Regional de Itapiranga realiza sexta-feira, 17, em Iporã do Oeste, o 1º Seminário Regional sobre Tuberculose e Brucelose animal. A programação é destinada para os produtores de leite e gado de corte dos municípios de Iporã do Oeste, Itapiranga, São João do Oeste, Tunápolis e Santa Helena. O evento regional vai ocorrer no CTG Herança Pampeana das 8h30 às 12h.

    De acordo com o gerente de políticas socioeconômicas rurais e urbanas da ADR Itapiranga, Miguel Schneider, este evento foi um pedido do prefeito e do secretário de agricultura de Iporã do Oeste. Conforme Miguel, faz-se necessário informar os agricultores acerca do assunto e por tratar-se de zoonoses a atenção precisa ser redobrada por parte de todos. Schneider entende que deve haver um projeto regional para erradicação destas doenças, evitando que sejam transmitidas ao ser humano e que este mesmo rebanho possa produzir produtos que sejam saudáveis e de maior valor de mercado.

    Já confirmaram presença no evento, o presidente da Cidasc, Enori Barbieri, o secretário adjunto da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e da Pesca, Airton Spies, e a palestrante e médica veterinária, Karina Diniz Baumgarten, do Departamento de Defesa Animal da Cidasc. Os organizadores pretendem contar com a presença dos representantes do curso de medicina veterinária da FAI Faculdades e das empresas de laticínios que recolhem e industrializam o leite da região.

    15/03/2017 Leia...

    -

Anúncios

receba o impresso no e-mail em pdf